Água Reduzindo nossa pegada hídrica

Hoje, cerca de um bilhão de pessoas vivem em áreas onde o acesso à água doce é escasso. Até 2025, dois terços da população mundial podem enfrentar uma dura batalha para ter acesso à água doce suficiente para atender às suas necessidades. A indústria têxtil utiliza muita água em toda a sua rede de fornecimento, da irrigação de culturas ao processamento molhado na fabricação, até chegar ao uso pelo cliente. Por exemplo, uma simples camiseta de algodão exige o equivalente a três anos de água potável (2.700 litros) para a sua fabricação e uso [FONTE: WWF]. Em um mundo com cada vez menos recursos naturais, devemos trabalhar juntos para reduzir esse nível de consumo rapidamente, ao mesmo tempo em que melhoramos a qualidade dos efluentes atualmente descartados ao longo da rede de fornecimento.

O compromisso da C&A com o descarte zero de produtos químicos perigosos (ZDHC) inclui testes regulares de efluentes em nossas unidades de produção para validar a eliminação de produtos químicos perigosos. O nosso compromisso fundamental com a obtenção de um algodão mais sustentável orienta a nossa abordagem à água, uma vez que um algodão mais sustentável utiliza consideravelmente menos água do que o algodão convencional.

Temos a satisfação de anunciar uma tendência contínua de economia de água para 2017, estimando uma redução de 14% em nossa pegada hídrica total em relação a 2016. Essa economia resultou de uma redução de 29% no consumo de água azul, 15% no consumo de água verde e 13% no consumo de água cinza.

Em 2017, nos comprometemos com as metas globais de 2025 para reduzir o uso da água na produção de nossas matérias-primas em 30% e reduzir ainda mais a água que usamos em nossas lojas, centros de distribuição e sede em 10% (comparado a 2015). O progresso em relação a essas metas será medido em 2018 pela primeira vez.

Como estamos reduzindo nossa pegada hídrica

O primeiro passo para reduzir o consumo de água em nossa rede de fornecimento é ter uma imagem clara da nossa pegada - quanto estamos usando e onde. Em 2017, concluímos nossa terceira Avaliação híbrida de Ciclo de Vida (LCA), cradle-to-cradle específica da C&A para entender melhor nossa pegada de carbono e nossa pegada hídrica. Com base nessa avaliação, desenvolvemos uma estratégia para reduzir nosso consumo de água e, mais importante ainda, ajudar nossos fornecedores a fazer o mesmo.

A produção de matérias-primas (61%) e produtos têxteis intermediários (30%) compõem 91% de nossa pegada total combinada de água azul, cinza e verde.


Pegada hídrica total, comparação ano a ano

0 10.000 5.000 2016 2017 Milhões m 3 Água Verde Água Azul Água Cinza 902 337 164.497 6.915 1.059 477 7.948 9.484 Redução de 14% 8.154

Definições de pegada hídrica

A pegada hídrica é um indicador do uso de água doce que mapeia o uso direto e indireto de água em qualquer tipo de atividade produtiva. Por exemplo, no cultivo de algodão para produtos consumidos por um indivíduo ou grupo de indivíduos ou em atividades dentro de uma área geográfica. Ela explica tanto o consumo como a poluição da água em cada fase do processo produtivo e da cadeia de valor e inclui três componentes:

  • Pegada hídrica azul é a quantidade de água doce de superfície ou subterrânea utilizada no cultivo de uma cultura ou na produção de bens ou serviços. É a quantidade de água evaporada, incorporada no produto ou devolvida a um local diferente ou em um período de tempo diferente de onde foi retirada.
  • Pegada hídrica verde é a precipitação total ou a umidade do solo utilizada no cultivo de plantas. É relevante para produtos que incluem culturas agrícolas e madeira e outros insumos florestais; refere-se à quantidade de água evapotranspirada por plantas ou incorporada à colheita, ou ambas.
  • A pegada hídrica cinza é uma medida de poluição. É expressa como o volume de água necessário para assimilar a carga poluente para, assim, atender às normas de qualidade da água ambiente. O poluente que requer o maior volume de assimilação é reportado como poluente crítico e é utilizado para calcular a pegada hídrica cinza. Se houver descarte de água tanto de superfície como subterrânea, a pegada hídrica cinza para cada descarte é calculada separadamente.

 

Ao medir a pegada hídrica e descobrir onde e quando ela ocorre, podemos avaliar o impacto do nosso uso da água e tomar medidas para reduzi-lo.


Pegada hídrica total de 2017 em todo o nosso ciclo de vida

Fonte: Aligned Incentives, 2017

Comparação ano a ano da pegada hídrica total em todo o nosso ciclo de vida

Unidade: Milhões m3

O gráfico abaixo mostra uma comparação de nossa pegada hídrica entre 2016 e 2017. Essa redução é fortemente influenciada por uma redução nos materiais fornecidos (o peso do estoque diminuiu apesar do aumento nos itens vendidos) e pelo fornecimento de materiais mais sustentáveis (por exemplo, algodão e viscose). Nossa pegada também diminuiu como resultado de nossa modelagem aprimorada dos hábitos de uso de nossos consumidores. No total, esses fatores resultaram em uma redução de aproximadamente 1,3 bilhão de m3 em toda a nossa cadeia de valor.

Nossas pegadas hídricas azul e verde são dominadas pelo cultivo do algodão (61% e 85% do total, respectivamente), enquanto a produção de poliéster (35% do total) e a fabricação têxtil (34% do total) impulsionam nossa pegada hídrica cinza.


Redução da nossa pegada hídrica por meio de algodão mais sustentável

O nosso compromisso fundamental de adquirir algodão mais sustentável - incluindo algodão orgânico e Better Cotton - também está ajudando a impulsionar nossos objetivos de gestão de água. 77% do nosso consumo combinado de água azul e verde devem-se ao cultivo do algodão, medindo tanto o consumo de água direto como indireto. Tal como nas emissões de gases de efeito estufa, a aquisição de algodão mais sustentável é a nossa melhor alavanca para reduzir o consumo de água azul e verde da agricultura, reduzindo-o em 56% e 37%, respectivamente, em comparação com o algodão tradicional.

Pegada hídrica azul da mistura de algodão da C&A, comparado ao algodão convencional

 

0 50 0 25 0 Média Global de Algodão Convencional Mix de Algodão da C&A Milhões m ³ Fonte: Aligned Incentives, 2017 463 Redução de 56% 204

Pegada hídrica verde da mistura de algodão da C&A, comparado ao algodão convencional

0 1 . 4 0 0 60 0 4 0 0 20 0 8 0 0 1 . 00 0 1 . 20 0 Média Global de Algodão Convencional Mix de Algodão da C&A Milhões m ³ Fonte: Aligned Incentives, 2017 1.206 Redução de 37% 755

Pegada hídrica cinza da mistura de algodão da C&A, comparado ao algodão convencional

0 30 0 1 5 0 Média Global de Algodão Convencional Mix de Algodão da C&A Milhões m ³ Fonte: Aligned Incentives, 2017 239 Redução de 49% 122

Redução da pegada hídrica por meio de uma produção mais eficiente

30% da nossa pegada hídrica total (azul, cinza e verde) é consumida quando a fibra é transformada em tecido. Os principais impactos nessa etapa da produção ocorrem durante o tingimento, lavagem e acabamento do tecido. A C&A trabalha em estreita colaboração com a Better Mills Initiative (BMI), que está trabalhando para melhorar o processamento molhado da indústria têxtil na China. A BMI trata uma ampla gama de questões nas fábricas, incluindo consumo de água e energia, água residual e uso de produtos químicos.

C&A logo

You have arrived at the English language version of this site.