Desperdício Buscando eliminar os resíduos lançados em aterros sanitários

A indústria do vestuário gera resíduos significativos ao longo de sua cadeia de valor. A maioria deles ocorre quando produzimos roupas e quando as descartamos. Menos de 1% do material usado para produzir as roupas era reciclado em uma nova roupa, equivalente a uma perda de mais de US$100 bilhões de materiais por ano. [FONTE: Ellen MacArthur Foundation].

Em 2017, a C&A assumiu o compromisso de não enviar resíduos para aterros de nossas operações até 2025. Os progressos feitos em relação a tais metas serão mensurados pela primeira vez em 2018.

Nossa abordagem à redução de resíduos baseia-se na ideia de que devemos levar nossa indústria a abandonar o modelo “pegar, fazer, usar e descartar” e adotar um modelo em que cada recurso é utilizado e depois reutilizado, várias e várias vezes. Nossa visão consiste em ajudar a facilitar uma economia circular restauradora, na qual nada é desperdiçado na criação ou no descarte de nossas roupas. Os produtos são desenhados e desenvolvidos considerando seu próximo ciclo de uso, usando materiais puros e produtos químicos seguros. Justiça social, incluindo a garantia de saúde e segurança e trabalho justo, a gestão da água e o uso de energias renováveis também integram o modelo circular.

Leia mais sobre nossa abordagem à moda circular
 

A transição para uma indústria de vestuário totalmente circular levará muitos anos. Para efetivamente traçar um caminho em direção à nova norma, devemos repensar muito do que fazemos. No entanto, há várias medidas que podemos tomar hoje para começar a reduzir o nosso impacto imediatamente, tais como iniciativas de gestão de resíduos nas lojas e o uso de materiais reciclados em nossas roupas. Em 2017, concentramo-nos em escalar nossos esforços nessas áreas.

Nosso desempenho em 2017

Começando nossa jornada com fibras recicladas

Em 2017, a C&A Europa começou a adotar medidas significativas para aumentar o uso de fibras recicladas em nossa coleção. Utilizamos poliéster reciclado em agasalhos e blusas, nylon reciclado em lingerie, e continuamos usando o algodão reciclado nos jeans.

Leia mais sobre nossos produtos feitos com materiais reciclados
 

Coleta de roupas usadas e instalações de reciclagem para clientes

Após seu lançamento bem-sucedido na Holanda, implantamos nosso programa de coleta de roupas usadas em outros quatro mercados de varejo – Bélgica, Luxemburgo, Suíça e um piloto no Brasil – com vistas a expandir o programa ainda mais até 2020.

No Brasil, além de roupas, vendemos também telefones celulares e compartilhamos a responsabilidade por recolher e descartar celulares e baterias de forma adequada. Trabalhamos com a GM&Clog, empresa que coleta os resíduos e assegura que cheguem ao destino correto. Dispomos de um curso online para todos os funcionários das lojas, para também ajudar a despertar a conscientização sobre esse tema. Em 2017, um total de 40.736 itens foi coletado em nossas lojas

Leia mais sobre nosso programa de coleta de roupas usadas
 

Usando menos sacolas plásticas

Cerca de um trilhão de sacolas plásticas são usadas em todo o mundo a cada ano [FONTE: US Environmental Protection Agency], representando uma grande fonte de poluição e ameaça à vida marinha. Como parte de um compromisso voluntário com a associação varejista alemã HDE, em abril de 2016 a C&A introduziu uma taxa de 20 centavos por sacola plástica na Alemanha. Ficamos surpresos com os resultados: o uso de sacolas plásticas caiu 67% em um ano.

Agora, também cobramos pelas sacolas plásticas na Áustria e pelas sacolas de papel na França, além de termos mudado do plástico para o papel (ou uma combinação dos dois) em vários de nossos mercados, incluindo Holanda, Hungria e Itália.


Reduzindo os resíduos nas reformas de lojas

Em 2017, implementamos uma iniciativa para avaliar como podemos reutilizar e reciclar materiais durante a reforma de uma loja. Duas lojas - Tournai, na Bélgica, e Houten, na Holanda - participaram do programa piloto, que separou os fluxos de resíduos em madeira, metais, eletrônicos, cabos e outros resíduos de construção.

Cada fluxo foi tratado de forma diferente para alcançar a maior taxa de reutilização e reciclagem possível:

  • A madeira mista foi separada, triturada em pedaços mais finos e utilizada na fabricação de chapas de madeira prensadas e outros produtos à base de madeira.
  • Metais, eletrônicos e cabos foram triturados e separados mecanicamente de acordo com seus diferentes materiais, para serem enviados para fundições e usados em processos de produção
  • Os resíduos de construção e demolição passaram por uma separação complementar de forma manual e mecânica, para serem acrescidos aos outros fluxos de resíduos

O programa piloto foi um sucesso, e atualmente estamos revisando a melhor maneira de usar os aprendizados para nos ajudar a reutilizar e reciclar mais materiais nas futuras reformas de lojas da C&A.


Reduzindo resíduos nas lojas C&A e nos centros de distribuição ao redor do mundo

Reciclagem (em toneladas)

Europa

Brasil

China

México

Reciclagem de caixas de papelão e papel e/ou doações

14,747

143

62

280

Reciclagem de cabides e/ou de outros itens de plástico

3,885

67

-

10

Doações de roupas/tecidos e/ou de uniformes para instituições beneficentes ou para reciclagem

-

0.4

-

-

Reciclagem de produtos eletrônicos1

-

27

-

3

Reciclagem de outros materiais (alumínio, lâmpadas, cosméticos, resíduos de laboratório, decoração de vitrines)

-

87

1

7

1A legislação brasileira exige que fabricantes de produtos eletrônicos e varejistas que vendem produtos eletrônicos ofereçam um procedimento adequado de descarte para esse tipo de resíduo.


Total de resíduos produzidos por região

Total de resíduos (em toneladas)

Europa

Brasil

China

México

Materiais perigosos 

-

29

1.2

12

Não perigosos

23,898

2,441

62

974

Próximos passos

Mais produtos com a certificação Cradle-to-Cradle CertifiedTM em lojas físicas

Na Europa, entregaremos mais de dois milhões de produtos com a certificação Cradle-to-Cradle™ nas próximas duas temporadas, juntamente com campanhas que apresentem os produtos. No Brasil e no México, desenvolveremos um plano de ação Cradle-to-Cradle para aproveitar o sucesso do lançamento.


Aumentando a produção de poliéster reciclado por meio da inovação do produto

Em 2016, reconhecemos a necessidade de aumentar a utilização de poliéster reciclado certificado e, em 2017, desenvolvemos novos produtos com poliéster certificado pela Global Recycled Standard (GRS) ou pela Recycled Content Standard (RCS). Tais peças foram lançadas nas lojas no início de 2018, tanto em agasalhos quanto em blusas femininas.


Implementando a coleta de roupas usadas nas lojas

Em 2018, continuaremos a expandir o programa em novos locais em todo o mundo, bem como expandir nosso programa piloto atual no Brasil, passando de 31 lojas em 2017 para 80 lojas.

C&A logo

You have arrived at the English language version of this site.