Bem-estar animal  Tratar os animais com cuidado e respeito

A C&A tem um compromisso de longa data com altos padrões de bem-estar animal. Acreditamos que os animais devem ser tratados com cuidado, respeito e dignidade, como dispõem as Cinco Liberdades. Trabalhamos arduamente com parceiros e nossos fornecedores para garantir que essa abordagem seja uma prática padrão em toda a nossa rede de fornecimento. Isso requer atenção a todas as matérias-primas envolvidas na produção de nossas roupas.

Nossa política sobre o bem-estar animal

Nossa política sobre o bem-estar animal estabelece que:

  • Esperamos que nossos fornecedores sigam as Cinco Liberdades de bem-estar animal aceitas internacionalmente.
  • Nunca utilizamos produtos de animais que tenham sido abatidos ou feridos de qualquer forma por sua pele, pelagem ou penas.
  • Esforçamo-nos para aumentar a rastreabilidade da fazenda até o produto final.
  • Utilizamos apenas matérias-primas de animais de corte.
  • Nunca aceitamos materiais de espécies exóticas, ameaçadas ou em perigo de extinção, conforme definido pela Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção (CITES) e pela lista vermelha de espécies ameaçadas da UICN (União Internacional para a Conservação da Natureza).

Nossa abordagem é colaborativa; trabalhamos lado a lado com outros que estão abordando questões semelhantes. Estabelecemos, definimos e implementamos soluções na indústria juntamente com organizações de bem-estar animal, marcas parceiras, varejistas, nossos fornecedores e auditores independentes.

Também ouvimos ativamente, acolhendo desafios e críticas que podem nos ajudar a melhorar. Garantir altos padrões de bem-estar animal significa que a indústria de vestuário deve ser responsável pelas promessas que fazemos.

Nos últimos 10 anos, temos trabalhado muito para erradicar problemas de bem-estar animal de nossa rede de fornecimento. Começamos proibindo as peles nos anos 1990 e somos uma Varejista Sem Peles desde 2013. Nossa política de bem-estar animal reúne nosso trabalho e destaca nosso sólido compromisso com a forma como os animais são tratados em nossa rede de fornecimento:

  • A depenagem de aves vivas e a alimentação forçada de animais que fornecem as plumas e penas utilizadas em nossos produtos.
  • O uso de lã de angorá em nossos produtos, devido a preocupações com a transparência de nossa rede de fornecimento em 2013.
  • A prática de mulesing de ovelhas para lã. Alternativas mais humanizadas podem ser utilizadas para proteger as ovelhas de moscas e doenças.
  • O uso de peles naturais em nossos produtos.
  • Não aceitamos couro bovino da Índia nem couro com pelo da China ou da Índia. Isso entrou em vigor com a nova política de bem-estar animal. Todo couro e pele deve ser comprado de produtores que trabalham de acordo com as boas práticas de criação de animais e manejo humanizado.

 

Leia nossa política de bem-estar animal aqui

Nosso desempenho em 2017

Mantendo nossa rede de fornecimento certificada pela Responsible Down Standard

Desde 2016, estamos adquirindo 100% de plumas e penas certificadas pela RDS. Em 2017, introduzimos no mercado mais de 1,3 milhão de produtos que contêm plumas e penas, todas certificadas pela RDS. Em outubro, lançamos nossa segunda campanha em toda a Europa para comunicar esse fato aos nossos clientes, e em duas semanas vendemos 89% de nossas jaquetas com plumas e penas certificadas pela RDS.

Em 2017, fizemos visitas adicionais de due diligence a redes de fornecimento certificadas pela RDS para identificar em quais delas outras melhorias poderiam ser feitas. Nossa visita demonstrou que, no futuro, devemos nos basear menos na legislação local para definir nossas exigências mínimas, e sim implementar nossos próprios padrões nos mercados onde a legislação não é rígida. Devemos também fortalecer nossas exigências padrão ao longo do tempo para assegurar a melhoria contínua em práticas de bem-estar animal, e incluir um módulo de treinamento em nosso programa para motivar a conscientização entre fornecedores.

Leia mais sobre plumas e penas compradas de maneira responsável
 

Escutar, investigar e agir

Estamos constantemente procurando melhorar nossas práticas. Quando preocupações legítimas são levantadas, nós as tratamos com muita seriedade. Escutamos e investigamos para nos certificarmos de que a medida necessária será tomada. Por exemplo, quando descobrimos violações em nossa rede de fornecimento de lã angorá em 2013, eliminamos esse material de toda a nossa linha de produtos porque a rede de fornecimento não era clara e entendemos que seria difícil garantir o bem-estar de todos os animais durante o processo.

Tomando medidas com relação ao mohair

Em maio de 2018, a C&A decidiu suspender a compra de mohair de cabra angorá a partir da Primavera/Verão de 2019, após a Peta, uma instituição de proteção dos animais, ter levantado a preocupação de que as cabras estavam sofrendo maus tratos em algumas fazendas na África do Sul.

C&A logo

You have arrived at the English language version of this site.