Moda circular em primeiro lugar Moda circular para todos

Em junho de 2017, lançamos as primeiras camisetas com certificação Cradle-to-CradleTM nível GOLD nas lojas da Europa, e, em setembro, fizemos lançamentos no Brasil e no México. Estas peças são feitas com algodão 100% orgânico certificado na origem, com materiais e produtos químicos seguros, e produzidas de forma social e ambientalmente responsável. Inclusive a costura é feita de algodão orgânico certificado na origem e as tinturas são 100% não tóxicas. Consequentemente, as camisetas podem ser totalmente compostadas em uma composteira doméstica.

Desde então, a C&A lançou outros produtos com a certificação Cradle-to-CradleTM na coleção Masculina e Feminina na Europa, no México e no Brasil. Todos esses produtos são feitos por dois fabricantes indianos, Pratibha Syntex e Cotton Blossom, que compartilham de nossa visão de economia circular e trabalham de perto conosco para fazer desses produtos uma realidade.

Leia mais sobre o nosso trabalho com fornecimento sustentável

A certificação Cradle-to-Cradle™ é a única norma holística de terceiros capaz de certificar produtos circulares. Ela certifica todos os aspectos da fabricação dos produtos, desde a fonte das matérias-primas, os produtos químicos, a água ou energia utilizada na fabricação, como o desenvolvimento do produto possibilita a reutilização de materiais, até as condições sociais na cadeia de valor.

Leia mais sobre a Norma de Certificação Cradle-to-Cradle CertifiedTM

A norma é organizada em torno de cinco critérios, cada um dos quais é avaliado e certificado. A certificação GOLD requer que:

  • Os produtos sejam feitos de algodão 100% orgânico, usando produtos químicos otimizados para reciclagem segura.
  • Os produtos possam ser recuperados por meio de compostagem, reuso ou reciclagem.
  • 100% da energia usada na confecção dos produtos seja de fonte renovável.
  • Os fornecedores recuperem e reciclem totalmente a água residual.
  • As fábricas protejam todos os seus stakeholders, operando de acordo com os mais altos padrões sociais e de trabalho disponíveis no país e conduzindo programas que beneficiem os trabalhadores e a comunidade.

Nosso objetivo é que todos os produtos com certificação Cradle-to-CradleTM da C&A tenham o mais alto nível de certificação e sejam o mais confiável possível, para que o nível GOLD represente um produto otimizado em termos de circularidade. Atualmente, algumas das camisetas em nossas lojas atingiram a certificação SILVER em virtude das tintas que usamos em todas as estampas, que ainda não foi otimizada. Trabalhamos arduamente durante 2017 para que essas tintas estejam em linha com a certificação GOLD, o que acontecerá em 2018.

Nosso desempenho em 2017

Introduzir produtos com a certificação Cradle-to-Cradle CertifiedTM no mercado

Como a primeira marca a introduzir produtos acessíveis com a certificação Cradle-to-CradleTM no mercado, reconhecemos a importância da maneira com que comunicamos este novo conceito aos clientes - não somente para a C&A, mas para a indústria de vestuário como um todo. Nossas campanhas de lançamento na Europa e no Brasil incluíram material de loja, vitrine dedicada, vídeo, atividades de relações públicas e mídia e campanhas em mídias sociais. Além disso, nossas lojas europeias produziram encartes, enquanto que nossas lojas brasileiras exibiram os produtos em uma gravação de áudio e vídeo dentro da loja.

A resposta aos produtos foi muito positiva. As camisetas com a certificação Cradle-to-CradleTM venderam bem, particularmente nos países onde elas foram promovidas nas vitrines e em encartes. Também foi bom para as vendas, impulsionando um aumento de 10% na média do tamanho da cesta durante a campanha. Os resultados da pesquisa também demonstraram que a campanha Cradle-to-CradleTM teve um impacto muito positivo sobre a intenção dos clientes de visitar a C&A e sobre sua imagem de marca como um todo.

Nossas principais lições deste lançamento foram que, embora os clientes tenham reagido bem, nossa mensagem e storytelling poderiam ser melhorados. Os clientes disseram também que gostariam de ter mais opções, em termos de estilos, cores e modelagem - algo em que nos concentramos nas coleções mais recentes.
 

Estudo de Caso: Lançamento de camisetas com certificação Cradle-to-CradleTM no Brasil

Em 2017, lançamos a primeira coleção de camisetas com certificação Cradle-to-CradleTM no Brasil. O evento de lançamento gerou mais de 100 artigos em jornais, revistas e na Internet, e atingiu 14 milhões de pessoas. Nossos funcionários de atendimento ao cliente e nas lojas foram treinados para explicar o impacto ambiental da camiseta. Uma comunicação interna aos funcionários e sessões de treinamento sobre a camiseta geraram um alto nível de envolvimento e orgulho de trabalhar para nossa empresa. O lançamento da camiseta com certificação Cradle-to-CradleTM, associado a um programa de coleta de roupas usadas em 31 lojas físicas, ajudou a amplificar nossa mensagem circular aos clientes.

Reconhecimento externo de nosso trabalho Cradle-to-Cradle

Pelo lançamento destes produtos, a C&A recebeu o prestigiado prêmio Sustainable Innovation of the Year na premiação Ethical Corporation Responsible Business Awards de 2017 em Londres. Além disso, a C&A foi escolhida como finalista por The Circulars de 2018 no The Accenture Strategy Award, na categoria Multinacional com Economia Circular.

Além disso, compartilhamos nossa experiência e aprendizado com o desenvolvimento e lançamento de produtos com certificação Cradle-to-CradleTM com a indústria em geral, em eventos, cobertura da imprensa e estudos de caso.
 

Parceria para acelerar a mudança na indústria da moda

A Fashion for Good é uma iniciativa global que reúne produtores, fornecedores, varejistas, organizações sem fins lucrativos, inovadores e financiadores da indústria de vestuário. A iniciativa oferece uma ação prática na forma de apoio, financiamento e roteiros, e promove uma colaboração entre o setor. Seu objetivo é redefinir como a moda é projetada, feita, usada e reutilizada, de modo que as pessoas, as companhias e o planeta possam todos prosperar.

A C&A foi uma das primeiras marcas parceiras da Fashion for Good, juntando-se à Sustainable Apparel Coalition (SAC), à Ellen MacArthur Foundation e à IDH, a iniciativa de comércio sustentável. Desde então, marcas como Adidas, Zalando, Kering, Galeries Lafayette e Target também se juntaram à Fashion for Good.

Em 2018, a iniciativa focará o apoio a startups inovadoras através de sua aceleradora de startups, operada pela Plug and Play, do Vale do Silício, na Califórnia. O Good Fashion Fund catalisará o acesso a financiamentos, quando necessário, para mudar o setor para métodos de produção mais sustentáveis.

De seu primeiro hub em Amsterdã, a Fashion for Good abriga um espaço de trabalho conjunto para a Comunidade de Roupas Circulares, criando ferramentas de código aberto, como seu Guia da Moda do Bem (Good Fashion Guide), e recebendo novos visitantes na Experiência de se juntar ao movimento coletivo de fazer da moda uma força do bem.
 

Guia da Moda do Bem (Good Fashion Guide): Um guia de código aberto para produtos com certificação Cradle-to-CradleTM

Como parte de nossa ambição de caminhar em direção à moda sustentável, estamos apoiando e promovendo o Guia da Moda do Bem (Good Fashion Guide) da Fashion for Good, que ajuda os fornecedores a entender o que é necessário para fabricar produtos com a certificação Cradle-to-Cradle™. O guia de código aberto é o primeiro desse tipo a disponibilizar gratuitamente informações sobre como desenvolver produtos de moda circular. Ele abrange todos os elementos do Programa de Produtos Cradle-to-Cradle, desde produtos químicos até justiça social, bem como um plano de ação e uma lista completa de materiais.

O plano de ação está disponível on-line desde março de 2017 para ajudar outras organizações a atender às exigências do Programa de Produtos Cradle-to-Cradle. Os aprendizados obtidos da produção de nossa camiseta com certificação Cradle-to-Cradle™ nível GOLD formam a base do guia. Para nós, é importante compartilhar nosso aprendizado para apoiar a aceleração dos conceitos da certificação Cradle-to-Cradle™ em toda a indústria de vestuário.

Leia como replicar nossas camisetas Cradle-to-Cradle aqui
 

Chamada para ação na rede de fornecimento

Por meio do processo de criação da primeira camiseta com a certificação Cradle-to-Cradle™ nível GOLD, reconhecemos que, para aumentar a implementação desse método holístico na cadeia de valor de vestuário, precisávamos que os fabricantes adotassem os conceitos básicos de uma economia circular. Assim, a Fashion for Good criou uma ferramenta de autoavaliação para fornecedores utilizarem em sua trajetória de criação de produtos com a certificação Cradle-to-Cradle™.

Saiba mais sobre a Autoverificação Cradle-to-Cradle da Fashion for Good

Desafios de materiais e componentes específicos na moda circular

Sabemos que há um longo caminho até que a moda circular se torne a norma. Como sempre, o primeiro passo em nossa trajetória foi aprender com os outros e, então, testar nossos próprios carros-chefe em toda a nossa rede. Ao longo do caminho, identificamos várias barreiras para peças com certificação Cradle-to-Cradle™ e trabalharemos para superá-las colaborando com a Fashion for Good e outras parceiras.

Em 2017, para ajudar na evolução do setor de vestuário com o objetivo de tornar a moda circular a norma, trabalhamos com parceiros para desenvolver:

  • Quase 200 corantes, tintas e produtos químicos processados avaliados ou com a certificação Cradle-to-CradleTM.
  • Novas fibras avaliadas pela Cradle-to-Cradle, como modal, liocel ou elastano.
  • Mais aviamentos e enfeites avaliados ou com a certificação Cradle-to-Cradle™, como botões, zíperes ou rebites.

Muitos desses novos produtos agora estão prontos para uso comercial.
 

Programas de coleta de roupas usadas em lojas físicas

A transição para uma indústria de vestuário totalmente circular será desafiadora e exigirá tempo para que o setor mude todo o seu modelo operacional para adotar uma abordagem de sistemas mais holística. Um dos passos mais importantes nessa jornada é o desenvolvimento de um sistema eficaz de coleta e triagem em todo o mundo para aumentar a taxa de coleta de roupas usadas, que atualmente é de apenas 25% em todo o mundo [FONTE: Ellen MacArthur Foundation]. Caso o setor não desenvolva um sistema de coleta sólido, não conseguiremos construir uma indústria circular.

Em diversos países, oferecemos uma maneira fácil para os clientes descartarem, de maneira responsável, as roupas que não desejam mais por meio de nossas lojas. Ao reutilizar ou reciclar peças de vestuário, pretendemos assumir responsabilidade por nossos produtos depois de sua primeira vida útil. Oferecer aos consumidores uma opção de retorno baseia-se na ideia de que devemos mudar nossa indústria de um modelo de “pegar, fazer, utilizar e descartar” para um modelo circular em que cada produto de vestuário é projetado com sua próxima vida em mente.

Na Europa, nosso programa de coleta de roupas usadas é chamado WeTakeItBack e é realizado em colaboração com a I:CO, uma fornecedora global de soluções para coleta, reutilização e reciclagem de roupas, calçados e outros produtos têxteis. Para cada sacola cheia de roupas e sapatos que trazem de volta, os clientes recebem um desconto de 15% no próximo produto que comprarem na C&A.

Desde 2012, nosso primeiro programa WeTakeItBack na Holanda coletou mais de 278.000 kg de roupas, garantindo que esses itens serão reutilizados ou reciclados. Atualmente, cerca de 60% do vestuário coletado é reutilizado e 40% é reciclado. Têxteis especialmente absorventes são utilizados para a produção de panos de limpeza, ao passo que outros são utilizados para fazer materiais de isolamento e enchimento para móveis. Em 2017, expandimos o programa para cerca de 230 lojas na Bélgica, em Luxemburgo e na Suíça.

Em 2017, lançamos no Brasil o Movimento ReCiclo, um programa-piloto de coleta de roupas usadas. Em apenas cinco meses, 31 lojas no Brasil receberam 1.076 peças de vestuário, com peso de mais de 200 kg. Dois terços das peças estavam em boas condições e foram doadas à organização local Centro Social Carisma para reutilização. O um terço restante será reciclado em parceria com o Retalhar. Estamos orgulhosos desses resultados iniciais, que mostram que os clientes brasileiros já estão envolvidos na reutilização e reciclagem de suas roupas.

Leia mais sobre o programa WeTakeItBack

Leia mais sobre o Movimento ReCiclo

Próximos passos

Inovações adicionais para criar ‘a moda do bem’

Em sua Plataforma de Inovação, a Fashion for Good manterá o foco em:

  • Dar sequência ao programa da Aceleradora Plug and Play da Fashion for Good para auxiliar no crescimento de startups.
  • Dar sequência ao seu programa Scaling para encorajar a ampla adoção da moda do bem, ampliando as inovações.
  • Introduzir o Good Fashion Fund para ajudar a catalisar o acesso a financiamento de modo a permitir uma mudança para métodos mais sustentáveis de produção em escala.

A Fashion for Good atuará como catalisador para a mudança ao:

  • Expandir seu Guia da Moda do Bem para compartilhar as melhores práticas e as ferramentas de código aberto com relação a métodos de produção em escala de bons produtos.
  • Expandir a Comunidade de Roupas Circulares ativa de parceiros, especialistas, investidores e mentores.
  • Relançar sua iniciativa voltada ao visitante, a Experiência Fashion for Good, no segundo semestre de 2018 para envolver, inspirar e tornar ativas pessoas de todo o mundo.


Mais produtos com certificação Cradle-to-Cradle™ em lojas físicas

Na Europa, entregaremos mais de dois milhões de produtos com certificação Cradle-to-Cradle™ nas próximas duas temporadas, juntamente com campanhas que apresentem os produtos. Desenvolveremos mais categorias de produtos com certificação Cradle-to-Cradle™ em 2018, lançando a produção para mais fornecedores e países produtores.

Desenvolveremos um plano de ação Cradle-to-Cradle para aproveitar o sucesso do lançamento no Brasil e no México. Em 2018, também planejamos continuar monitorando os resultados das campanhas em todos os mercados para compreender se e quando precisaremos revisar e refinar a mensagem para manter o entusiasmo e a conscientização do cliente.


Implementação da coleta de roupas usadas nas lojas físicas

Em 2018, continuaremos a expandir o programa em novos locais em todo o mundo, bem como expandir nosso programa-piloto atual no Brasil, passando de 31 lojas em 2017 para 80 lojas.
 

 

C&A logo

You have arrived at the English language version of this site.