Nosso desempenho em 2018 Forte desempenho rumo às nossas metas audaciosas para 2020

Fizemos um forte progresso em 2018 rumo às nossas metas de sustentabilidade para 2020. Um total de 71% do algodão que compramos atualmente é orgânico ou adquirido como Better Cotton, um aumento em relação ao ano anterior.

No início de 2018, também lançamos nossa primeira plataforma global de comunicações de sustentabilidade multicanal, a #WearTheChange, que permite aos clientes reconhecer nossos produtos mais sustentáveis por meio do selo #WearTheChange nas lojas físicas e on-line, e fornece uma plataforma abrangente de comunicações para iniciativas de sustentabilidade, como a coleta de roupas usadas, programas de resíduos nas lojas e outras iniciativas que envolvem nossos funcionários e clientes.

Com base no sucesso de nossas camisetas com certificação Cradle to CradleTM, em 2018, lançamos uma coleção de jeans com certificação Cradle to CradleTM nível Gold. Ao fazê-lo, a C&A se tornou a primeira varejista do mundo a oferecer peças jeans para coleções masculinas e femininas feitas completamente de materiais sustentáveis - da fibra a botões e barra - que podem ser recicladas no final do uso. Até o momento, recebemos quase 4 milhões de itens com certificação Cradle to CradleTM, o que ressalta a importância da moda sustentável para nossos clientes.

Continuamos a focar no fortalecimento de nossos programas em todo o restante de nossa rede de fornecimento para atingir nossas metas para 2020 de fornecedores com as melhores classificações, especialmente em relação a condições de trabalho seguras e justas e descarte zero de produtos químicos perigosos. Em todas as nossas áreas de foco em sustentabilidade, continuamos comprometidos com nossos objetivos e fortalecendo nossos esforços para liderar mudanças em toda a indústria.

Visão geral de nosso desempenho

Produtos Sustentáveis

  • 71% do algodão que compramos é algodão orgânico certificado ou adquirido como Better Cotton, um aumento em relação aos 67% em 2017, 53% em 2016 e 40% em 2015. Continuamos sendo o principal comprador de algodão orgânico certificado do mundo.
    Leia mais
  • Mais de um quarto do algodão que compramos é Better Cotton, o que nos faz um dos maiores contribuidores da Better Cotton Initiative no mundo. 
    Leia mais
  • Atualmente, 49% da matéria-prima que usamos em nossas coleções - como algodão, viscose e poliéster - provém de fontes mais sustentáveis. 
    Leia mais
  • Na Europa e na China, assumimos um compromisso ousado de adquirir 100% de nossas fibras de celulose de fornecedores cujas práticas impedem que produtos provenientes de florestas nativas ou ameaçadas entrem em sua rede de fornecimento.
    Leia mais
  • Trabalhamos em estreita colaboração com a Fashion for Good, contribuindo para estimular a abordagem de economia circular em nossa rede de fornecimento com outras marcas importantes, implementando novas tecnologias de startups inovadoras.
    Leia mais
  • Estamos compartilhando com o setor o que aprendemos com o desenvolvimento de nossos produtos com certificação Cradle to CradleTM por meio do Guia da Moda do Bem da Fashion for Good [Fashion for Good's Good Fashion Guide] e outros recursos, que são um plano de ação de código aberto.
    Leia mais
  • Desenvolvemos e oferecemos o primeiro jeans com certificação Cradle to CradleTM nível Gold do mundo em vários estilos masculinos e femininos. 
    Leia mais
  • Atualmente, conseguimos introduzir quase 4 milhões de peças de nossas roupas revolucionárias com certificação Cradle to CradleTM na Europa, no Brasil e no México.
    Leia mais
  • Fomos reconhecidos pela Ethical Corporation com o prêmio Sustainable Innovation of the Year (Inovação Sustentável do Ano), por nossas camisetas com certificação Cradle to CradleTM nível Gold, além do reconhecimento da AMCHAM Brasil com o Prêmio Eco.
    Leia mais
  • A C&A Europa introduziu nossos primeiros produtos de náilon reciclado no início de 2018: aproximadamente 80.000 peças de lingerie certificadas pela Global Recycle Standard (GRS).
    Leia mais
  • 100% de nossas plumas e penas atendem à norma Responsible Down Standard, e estamos trabalhando para fortalecê-la.
    Leia mais
  • Estamos trabalhando com o Organic Cotton Accelerator, CottonConnect e com a C&A Foundation para melhorar o business case do algodão orgânico para 300 produtores agrícolas na Índia.
    Leia mais
  • Expandimos nosso programa de coleta de roupas usadas para novas regiões em todo o mundo, atingindo nove países em 2019, incluindo uma nova iniciativa-piloto de coleta em 10 lojas no México e um programa de coleta on-line na Alemanha que também apoia a Save the Children.
    Leia mais

Rede de Fornecimento Sustentável

  • Divulgamos 100% de nossos fornecedores de nível 1 e 2 em todas as quatro regiões. Os nomes e endereços das unidades produtivas de nossos 722 fornecedores estão indicados em um mapa de fornecedores.
    Leia mais
  • Continuamos a trabalhar com fornecedores por meio do nosso Programa de Monitoramento Participativo (SOP), cobrindo 67.500 trabalhadores. 
    Leia mais
  • Continuamos a conduzir um processo de auditoria sólido e em constante evolução sobre práticas de trabalho seguras e justas. Em 2018, 46% dos trabalhadores de nossa rede de fornecimento trabalhavam em fábricas de alto desempenho avaliadas como A e B, que aderem aos nossos elevados padrões em relação a salários mínimos, discriminação, violência ou abuso, proteção aos grupos vulneráveis, liberdade de associação, produção não declarada, saúde e segurança e conformidade ambiental. 
    Leia mais
  • Estamos entre as principais marcas para questões de remediação nos termos do Acordo de Bangladesh. A C&A foi uma das primeiras a assinar o Acordo, e seis anos depois, 96% dos problemas identificados nas operações de seus fornecedores foram corrigidos. Planos de Ação Corretiva (CAPs) estão em vigor para as operações restantes.
    Leia mais
  • Somos uma das únicas marcas de moda a divulgar todo nosso inventário de gases de efeito estufa (GEE), além da pegada hídrica global, do princípio ao fim.
    Leia mais
  • Concluímos nossa quarta avaliação do ciclo de vida (LCA) do modelo híbrido para mensurar nossas pegadas hídrica e de carbono, do princípio ao fim. Em comparação à nossa estimativa para 2016, reduzimos nossa pegada de carbono em 12% em 2018.
    Leia mais
  • Em 2017, comprometemo-nos com novas metas globais para 2025 de reduzir em 30% o uso da água na produção de nossas matérias-primas, e reduzir outros 10% no consumo de água em nossas lojas, centros de distribuição e escritórios, em comparação a 2015.
    Leia mais
  • Continuamos a implementar o Programa de Gestão Sustentável de Substâncias Químicas (SCM) em todos os principais fornecedores de nível 1, 2 e 3, criando um progresso tangível em relação ao nosso compromisso de Descarte Zero de Produtos Químicos Perigosos.
  • Trabalhamos em estreita colaboração com fornecedores para construir conhecimento, fortalecer habilidades e orientar a remediação na rede de fornecimento, para que nossos fornecedores possam atender aos nossos requisitos de SCM. Durante o ano, 85% atingiram a conformidade.
    Leia mais
  • Lideramos a convergência de toda a indústria para uma ferramenta de avaliação ambiental e social padronizada chamada de Higg 3.0 Facility Environment Module (FEM) como parte de nossa colaboração com outras marcas na Sustainable Apparel Coalition, e em 2018, adotamos o módulo Higg 3.0 para uso em nossa própria rede de fornecimento.
    Leia mais
  • Implementamos ferramentas para aumentar a transparência das substâncias químicas utilizadas em nossa rede de fornecimento, incluindo o CleanChain, que fornece informações que estimularão a adoção de produtos químicos mais seguros.
    Leia mais

Vidas Sustentáveis

  • A C&A foi reconhecida como a marca de varejo de moda mais sustentável no Brasil, na Holanda e na Alemanha em nossa quarta pesquisa anual com mais de 6.000 clientes, realizada em parceria com a GlobeScan. 
    Leia mais
  • Em respostas espontâneas, a C&A foi reconhecida como a marca de varejo de moda mais sustentável pelo quarto ano consecutivo no Brasil e na Holanda. Também fomos reconhecidos na pesquisa como a marca de varejo de moda mais sustentável da Alemanha pela primeira vez.
    Leia mais
  • Continuamos o envolvimento do cliente em nossa jornada de sustentabilidade com a #WearTheChange, nossa plataforma global de comunicação de sustentabilidade multicanal na Europa, Brasil, China e México. A #WearTheChange foi localizada no Brasil e na China, além de ter sido traduzida para uso em campanhas de divulgação multicanais e em comunicação interna.
    Leia mais
  • 93% dos funcionários na China, 92% no Brasil e 90% no México disseram sentir orgulho da contribuição da C&A para a comunidade, a sociedade e o meio ambiente.
    Leia mais
  • Durante o primeiro ano, a campanha O Mundo que te Inspira envolveu 65% dos funcionários globais da C&A, representando 21 países e, por intermédio da C&A Foundation, forneceu um total coletivo de € 1 milhão em doações para 45 instituições e organizações sociais, beneficiando mais de 250.000 pessoas.
    Leia mais
  • Entre março e dezembro de 2018, o programa C&A Together financiou 142 iniciativas em 18 países europeus, doando € 2,9 milhões.
    Leia mais
  • A C&A e a C&A Foundation ganharam os Prêmios de Engajamento de Funcionários de 2018 na categoria Responsabilidade Social por nossa campanha O Mundo que te Inspira, lançada no mesmo ano.
    Leia mais

Progresso em direção às nossas metas de 2020

Produtos Sustentáveis

UltrapassaAtende Sem progresso

KPI: % sobre total de produtos de algodão

Percentual total global

Regiões / Métrica Status 2016 2017 2018
Europa 61% 74% 74%
Brasil 26% 42% 61%
China 85% 95% 96%
México 2% 35% 48%
Unidades de algodão mais sustentável – total de peças - 222.195.516 294.072.750 318.456.614
Unidades de algodão orgânico [2] - total de peças - 138.722.325 173.224.396 170.496.672
Unidades de algodão BCI e REEL [3] - total de peças - 83.473.191 120.848.354 147.959.942
[1] Algodão mais sustentável – a soma do algodão certificado pelo Organic Content Standard (OCS), Global Organic Textile Standard (GOTS), adquirido sob o escopo da Better Cotton Initiative (BCI) ou reciclado certificado.

[2] Peças de Algodão orgânico Certificado – Peças de roupas feitas com algodão certificado por terceiros de acordo com as normas do Organic Content Standard (OCS) ou Global Organic Textile Standard (GOTS).

[3] Peças de Better Cotton – uma estimativa das peças adquiridas sob o escopo do sistema de balanço de massa da Better Cotton Initiative, em toneladas convertidas para peças.

KPI: % sobre total de produtos de algodão

Percentual total global

Regiões / Métrica Status 2016 2017 [2] 2018
Europa 39% 49% 51%
Brasil 16% 25% 40%
China 45% 58% 65%
México 1% 21% 31%
[1] Matérias-primas mais sustentáveis – Esta é a proporção de matérias-primas obtidas com a certificação de terceiros. Isto inclui, mas não está limitado a algodão orgânico certificado (OCS ou GOTS), algodão adquirido sob o escopo da BCI, viscose adquirida sob o escopo da Canopy Style Initative, poliéster reciclado certificado (GRS, RCS ou equivalente), plumas e penas com certificação Responsible Down Standard (RDS), etc. É importante notar que até 2017, apenas o algodão era considerado uma matéria-prima sustentável; a partir de 2018, foram incluídos nessa lista o poliéster reciclado e a viscose mais sustentável.

[2] A maior parte deste número é algodão mais sustentável. Outras matérias-primas correspondem a menos de 1% do total.

Rede de Fornecimento Sustentável

UltrapassaAtende Sem progresso

  2016 2017 2018
KPI 2017 – Número de fábricas auditadas 111 251 n/a
KPI 2018 – % do volume de compras dos fornecedores coberto no programa n-a n-a 92%
Em 2018, ajustamos este KPI para representar o percentual do volume de compras com fornecedores, que representa melhor o progresso rumo a produtos químicos mais seguros em nossa rede de fornecimento.

Volume de compras total da rede de fornecimento e o montante de volume de compras de fornecedores com unidades de processamento molhadas inclusas, auditadas e testadas. Nota importante: Fornecedores que não têm unidades de processamento molhadas são computados como auditados e testados.

KPI – variação do percentual de CO2e/m2 por GLA em comparação ao ano base 2012.

Variação global em relação à linha de base

Métrica 2016 2017 2018
Pegada absoluta de carbono
KPI - total de toneladas de CO2
159.500 167.261 139.676
Pegada absoluta de energia
KPI – total de megawatts por horas
885.625 815.314 810.674
Eficiência energética
KPI –% de variação em kWh/m2 de GLA[3]
-14% -19% -20%
Inventário de gases de efeito estufa
de acordo com o Protocolo GHG
6.348.491 5.436.246 5.485.876
Escopo 1 - Emissões de GHG
KPI – toneladas (mt) CO2e
22.117 19.759 19.175
Escopo 2 - Emissões de GHG
KPI – toneladas (mt) CO2e
137.383 147.502 120.501
Escopo 3 - Emissões de GHG [2]
KPI – toneladas (mt) CO2e
6.188.991 5.268.985 5.346.200
[1] Essa métrica mudou de Área Útil Total de Vendas (TUSA na sigla em inglês) para Área Bruta Locável (GLA na sigla em inglês) em 2017 e a metodologia de Escopo 2 para energia comprada (eletricidade, aquecimento e resfriamento urbano) mudou de uma metodologia baseada na localização (location-based) para a metodologia baseada em mercado (market-based). Os dados dos anos anteriores foram recalculados pelo nosso parceiro Aligned Incentives.

[2] Os cálculos do Escopo 3 incluem 7 das 15 características do Escopo do Protocolo GHG: bens e serviços comprados, atividades relacionadas a combustíveis e energia, transporte e distribuição primários, resíduos produzidos em operações, viagens de negócios, uso de bens vendidos e tratamento de fim de vida dos produtos vendidos. Explicações sobre como calculamos nossos Escopos 1, 2 e 3 podem ser encontradas na seção ‘Como apresentamos nosso Relatório’, em nosso site.

[3] Em comparação ao ano base 2012.

KPI – variação do percentual em comparação ao ano base 2016.

Mudança global em relação à linha de base

[1] A partir do ano base de 2016, até 2025.

Esta é uma nova meta.

KPI – variação do percentual de m3/m2 por GLA (Área Bruta Locável) em comparação ao ano base 2012.

Média global

C&A China não foi incluída, pois nessa região, o tema relacionado ao uso da água não é considerado material.

[1] A partir do ano base de 2016, até 2025.
  2016 2017 2018
KPI – zerar os resíduos destinados a aterros sanitários (perigosos [2]
e não perigosos, medidos em toneladas)
Não houve rastreio 1.601 7.033
Esta é uma nova meta.

[1] Até 2025.

[2] Inclui lâmpadas e luminárias, lixo eletrônico, cartuchos de impressoras, entre outros tipos de resíduos.

KPI – Percentual de produtos adquiridos de fornecedores com classificação A/B

Percentual total global

Regiões Status 2016 2017 2018
Europa 89% 65% 70%
Brasil 42% 68% 78%
China 52% 68% 69%
México 36% 50% 64%
Fornecedores com classificação A/B têm o melhor desempenho em relação ao nosso Código de Conduta para o Fornecimento de Mercadorias e protocolos de auditoria. Cada fornecedor é classificado com base em seu desempenho em auditorias conduzidas no âmbito de suas fábricas.
  2016 2017 2018
KPI – número de fábricas incluídas no nosso Programa de Monitoramento Participativo (SOP)1 24 24 39
[1] O Programa de Monitoramento Participativo (SOP) é oferecido às principais fábricas da rede de fornecimento da C&A com o intuito de capacitar nossa rede de fornecimento no que diz respeito à conformidade e desempenho sustentável. Inclui fornecedores e fábricas já certificados e aqueles ainda por certificar. Durante 2018, nosso SOP incluiu 8 fornecedores certificados e 17 fábricas certificadas, bem como 7 fornecedores e 7 fábricas que participaram do programa, mas ainda não têm certificação. Além disso, todo ano alguns fornecedores ‘concluem’ o programa, de forma que os números totais relatados aqui refletem tanto as adições ao programa quanto as subtrações.

Vidas Sustentáveis

UltrapassaAtende Sem progresso

KPI – percentual de funcionários que responderam favoravelmente à questão: ‘Sinto orgulho da contribuição da C&A para a comunidade, sociedade e meio ambiente. ’[2]

Média global

Regiões Status 2016 2017 2018
Europa 85% 85% 85%
Brasil 93% 87% 91%
China n/a 87% 90%
México 88% 92% 90%
[1] Nossas regiões Brasil, México e China conduzem pesquisas com os funcionários anualmente. Em 2017 e 2018, a Europa não incluiu a questão sobre engajamento na pesquisa. No Brasil, 5.042 funcionários participaram, 1.074 no México, e 838 na China.

[2] Em 2017 e 2018, relatamos a pontuação total em função da omissão da questão sobre engajamento para a Europa.
  2016 2017 2018
KPI – ainda não foram estabelecidos Em curso Adesão aos WEP Planos de
implementação
desenvolvidos
especificamente
para cada uma de
nossas regiões sobre
paridade de gênero
e empoderamento
das mulheres
Agora que nossas regiões desenvolveram seus planos de ação para alcançar os sete princípios, elas poderão definir metas mensuráveis.

KPI – Ranking de mercado com base no percentual de clientes da categoria que reconhecem a marca como líder

Holanda

Brasil

Alemanha

França

México

China

Mercados/ano

País [2]
2016 2017 2018
Alemanha 9% 11% 10%
Holanda 12% 14% 14%
França 4% 2% 2%
Brasil 17% 15% 16%
China 4% 2% 1%
México 3% 3% 3%
[1] A pesquisa incluiu nossos principais mercados em termos de lojas/ receita. ‘Clientes da categoria’ diz respeito aos consumidores de varejo de moda que compraram na C&A ou em um de nossos competidores ao menos uma vez durante o último ano. A pesquisa incluiu 6.000 compradores da categoria nos mercados de varejo mencionados na tabela. Os percentuais indicam a porcentagem de pessoas que reconheceram a C&A como líder em sustentabilidade, dentre aproximadamente 6.000 clientes da categoria que responderam à pesquisa.

[2] O percentual de entrevistados de cada país que classificou a C&A em cada ano.