Assistência a desastres  Ajudando as comunidades vulneráveis a se tornarem mais resilientes

Na C&A, realmente acreditamos no fortalecimento das comunidades. Isso é parte integrante de nossa cultura e legado – é o que somos como marca. Muitas de nossas operações estão localizadas em países ameaçados por um grande número de desastres naturais todos os anos.

Primeira parceria humanitária global da C&A

Em 2015, a C&A e a C&A Foundation desenvolveram nossa primeira parceria global, colaborando com a fundação Save the Children em apoio a milhões de crianças e famílias em todo o mundo. Nossas iniciativas conjuntas se concentraram em duas áreas: preparação para desastres e resposta imediata a emergências de crises humanitárias.

O trabalho de resposta a emergências da Save the Children apoia intervenções que permitem a pessoas afetadas por desastres viver vidas decentes e dignas. Nosso foco está no financiamento rápido e flexível usado para manter operações da Save the Children e atrair outros fundos para a resposta.

O trabalho de resiliência e Redução de Riscos de Desastres financiado por nossa parceria se concentra em comunidades urbanas em cinco países. O objetivo é aumentar a resiliência dessas comunidades, ajudando-as a se preparar para desastres naturais e riscos do dia a dia. Até hoje, já ajudamos no trabalho da Save the Children em 48 comunidades e 75 escolas para fortalecer a capacidade de indivíduos e organizações. Juntos, também dimensionamos iniciativas menores ajudando governos na implementação de políticas em nível nacional.

Leia mais sobre essa parceria no site da C&A Foundation


Por que se concentrar na assistência a desastres?

  • Para cada dólar gasto em medidas de Redução de Riscos de Desastres, US$7 podem ser economizados na recuperação pós-desastre [FONTE: Banco de Desenvolvimento Asiático].
  • Mulheres e crianças têm 14 vezes mais chances de morrer em desastres do que homens adultos [FONTE: UNISDR].

Nosso desempenho em 2017

Ajudando crianças e famílias em todo o mundo

Nos últimos três anos, a C&A Foundation ofereceu recursos através de parceria no valor de € 10,8 milhões. Esses recursos ajudaram mais de quatro milhões de pessoas em todo o mundo. A C&A levanta fundos adicionais por meio de marketing relacionado à causa e outras campanhas em lojas e com clientes e funcionários na Europa e no México – um total de mais de € 3 milhões desde 2015.

Entre março de 2017 e fevereiro de 2018, a C&A Europa e a C&A México arrecadaram um total de € 870.800 para a fundação Save the Children, por meio de marketing relacionado à causa, apelos emergenciais e de outras iniciativas.


Compartilhamento que funciona 

Em 2017, a C&A Foundation e a Save the Children continuaram liderando e distribuindo pesquisas que consolidassem evidências no campo da pesquisa de Redução de Riscos de Desastres, com um pacote de 10 projetos de pesquisa em três temas:

  1. Política e o ambiente favorável;
  2. Impactos dos riscos sobre a educação e
  3. Soluções para a redução de riscos centrada nas crianças e segurança escolar.

Cada um dos cinco países onde atuamos enfrenta desafios diferentes. Em Bangladesh, por exemplo, nosso foco concentra-se na gestão de risco para mulheres, crianças e trabalhadores do setor de vestuário. No México e na China, nosso foco é sobre a segurança nas escolas. As equipes da Save the Children nos países compartilham o aprendizado entre si, de maneira que possam desenvolver uma estrutura geral de aprendizado que elas e outras instituições possam aproveitar futuramente.
 

Convocar e inspirar outras pessoas

Uma parceria para melhorar a resiliência de mulheres e crianças tem efeito limitado. Queremos causar um impacto maior do que a soma de nossas partes. Compartilhamos lições aprendidas em programas de cinco países dentro da Save the Children e com o setor da redução de riscos de desastres globais. A criação de um diálogo global e regional para fortalecer o setor é um foco importante desse programa.

Leia mais no Relatório Anual da C&A Foundation de 2017
 

Respondendo à crise de refugiados em Myanmar

Em 2017, a crise de refugiados que mais cresce no mundo teve desdobramentos em Bangladesh, quando quase 700.000 Rohingya fugiram de Myanmar atravessando a fronteira. 60% dos refugiados são crianças e altamente vulneráveis

A C&A está muito preocupada com a perseguição contínua contra os Rohingya em Myanmar e condena fortemente as violações aos direitos humanos relatadas. Com outras marcas da ETI (Ethical Trade Initiative), enviamos um apelo urgente à presidente de Myanmar sobre a crise humanitária no Estado de Rakhine. Também demonstramos nossa profunda preocupação por meio da Dutch Textile Covenant.

Há anos compramos produtos feitos em Myanmar. Estabelecemos relações de confiança e de longo prazo com diversos fornecedores de Myanmar, e os trabalhos de milhares de funcionários atuando nas confecções de nossos fornecedores dependem dessas relações comerciais. Se deixássemos o país, prejudicaríamos esses trabalhadores. Por isso, decidimos, por ora, continuar comprando de Myanmar. Porém, continuaremos monitorando atentamente os acontecimentos em Myanmar e nos reservaremos o direito de reavaliar nossa abordagem.

A C&A Foundation optou por pausar seu trabalho filantrópico em Myanmar. Por atuar para criar uma mudança sistêmica, a fundação trabalha diretamente com as partes interessadas, como o governo e os militares, ambos responsáveis pela situação no país. A C&A Foundation aumentou seu apoio à população de refugiados crescente em Bangladesh.

Leia a declaração completa da C&A Foundation aqui

Europa

Doações da Save the Children ajudam os refugiados

Entre janeiro de 2017 e abril de 2018, os clientes da C&A doaram € 408.000 para a Save the Children para ajudar os refugiados na Europa e outros € 225.000 para outras emergências em todo o mundo. As caixas de doações foram colocadas à disposição em 1.150 lojas da C&A na Alemanha, França, Bélgica, Holanda, Suíça, Espanha, Portugal e Itália.

Crianças e mães em especial são vulneráveis em situações de conflito, crise e desastres. Desde o início de nossa parceria em 2015, a C&A e a C&A Foundation têm sido parceiras dedicadas no esforço de empoderar mães e crianças em situações de crise no mundo todo, como aquelas que chegam à Europa como refugiadas. Essa parceria inclui um apoio financeiro de € 3 milhões por ano, durante três anos, oferecido pela C&A Foundation, bem como o compromisso de engajar clientes e funcionários na iniciativa.

O foco dessa parceria foi a resposta de emergência, através do fornecimento de recursos financeiros flexíveis para ajuda após a ocorrência de emergências. Outro foco da parceria é a redução de riscos de desastres para capacitar comunidades, para que elas se tornem mais resilientes.

México

Concurso de desenho da Save the Children

As crianças de 13 escolas envolvidas no projeto realizado pela C&A Foundation e a Save the Children em Iucatã, no México, participaram de um concurso de desenho. Nossas equipes comerciais selecionaram oito vencedores de um total de 280 participantes. Os desenhos foram impressos na forma de quebra-cabeças e oferecidos como brindes mediante a compra de camisetas especiais. Alguns também foram impressos em calçados infantis vendidos em lojas durante abril de 2017.

A C&A Foundation doou o equivalente a 20% do preço de venda de cada produto – um total de € 6.000 – à Save the Children, que usou os fundos para treinar a equipe escolar a fim de responder em caso de emergências e oferecer a escolas participantes ferramentas de primeira necessidade como extintores de incêndio e kits de primeiros socorros. As próprias crianças receberam cartões-presente no valor de € 75 a serem gastos em nossas lojas; um diploma; um estojo de canetas coloridas para ajudá-las a desenvolver seu talento, além de produtos exibindo seus próprios desenhos.


Resposta a terremotos

Dois terremotos devastadores atingiram o México em setembro de 2017. Oaxaca foi abalada por um terremoto 8.5 e somente 12 dias depois um segundo de 7.1 devastou sete estados no país. Centenas de vidas foram perdidas, muitos se machucaram e milhares ficaram sem teto – inclusive colegas da C&A, seus familiares e amigos.

A C&A Foundation agiu rapidamente para acionar a assistência da Save the Children no país ao liberar € 1 milhão. Por meio do portal de doações dos funcionários, outros € 6.000 foram levantados por funcionários e igualados pela C&A Foundation. A C&A México também participou da iniciativa doando 15.000 peças de vestuário para as vítimas em Oaxaca e, por meio de uma empresa fornecedora, mais 25.000 peças foram enviadas para Morelos. Com nosso apoio, a Save the Children estabeleceu um plano de doze meses para intervir nas áreas afetadas, atingindo 32.000 crianças em abrigos e escolas com espaços e sessões de recuperação especiais para elas.

Próximos passos

Avaliando e melhorando nossa parceria

Em 2017, a C&A Foundation formou uma comissão de avaliação independente das parcerias e seus programas. Usamos essa oportunidade para saber mais como melhorar não apenas a eficácia da parceria no país, mas também como a C&A trabalha como empresa com ONGs em parcerias exclusivas como essa. Estamos trabalhando com a Save the Children e a C&A Foundation para aprender mais com essas lições e projetar a próxima fase de nossa parceria.

Isto é o que aprendemos:

O impacto leva tempo. Precisamos garantir que os parceiros tenham tempo para debater o engajamento e o escopo do programa – sendo realistas em relação a prazos e claros quanto a funções e responsabilidades.

Recursos iniciais ajudam. Durante a resposta a emergências, os recursos iniciais (sedd funding) ajudam a proporcionar uma resposta rápida e dimensionar operações. Na Etiópia, os recursos da C&A Foundation foram reciclados de duas a três vezes, o que angariou mais US$20 milhões. Porém, como isso não é medido sistematicamente, estamos trabalhando para melhorar os KPIs de recursos iniciais. Isso inclui pedir um feedback dos beneficiários a fim de auxiliar no aprendizado e melhorar respostas futuras.

Os programas precisam ser longos o suficiente. Para ver resultados em escala – inclusive políticas implementadas em países e ferramentas para resiliência em desastres internalizadas em comunidades –, os programas devem durar pelo menos cinco anos.

Enfoque no governo local. Muitos países já têm políticas em vigor, mas que não estão sendo colocadas em prática. Precisamos garantir que a autoridade e o governo locais tenham a capacidade de implementá-las.

C&A logo

You have arrived at the English language version of this site.